Jesus Cristo




Quem dizem que eu sou?

Gilda Carvalho
gilda@puc-rio.br

O evangelista Lucas relata uma conversa que Jesus teve com seus discípulos após um período que haviam passado em oração. A pergunta do Mestre é direta: “Quem diz o povo que eu sou?” (Lc 9, 18), a que eles responderam o que vinham ouvindo do povo: que Ele era João Batista, ou Elias ou ainda algum outro profeta. 

Imagino que Jesus deve ter sorrido condescendentemente ao ouvir aquelas palavras e perceber como o povo ainda não o reconhecera.  Refaz, então, a pergunta, desta vez dirigindo-se diretamente aos apóstolos: “E vós, quem dizeis que sou eu?”  A que Pedro responde prontamente: “O Cristo de Deus.” (Lc 9, 18-24)

A revelação de Pedro reverbera até hoje em nossa história: o homem simples do povo reconhece em Jesus de Nazaré o filho de Deus vivo, algo que talvez os escribas ou os sacerdotes não foram capazes de reconhecer.  Imagino a alegria de Jesus em reação às palavras do discípulo: por aquele homem tão espontâneo que foi capaz de revelar tal verdade à humanidade, já teria valido a pena sua missão...

A narrativa de Mateus estende o diálogo entre Jesus e Pedro “Feliz és tu, Simão... porque isso te foi revelado pelo meu Pai” (cf Mt 16, 13 ss.).  A resposta de Simão tem como fundamento sua própria experiência: ele convivia com Jesus e sabia quem seu mestre era e, esse convívio, abrira seu coração à revelação do Espírito, que lhe permitir dizer, quase que de um estalo: Tu és o Messias! 

Por sua vez, Lucas continua a fala de Jesus indicando a advertência do Mestre de não contarem a ninguém sobre a revelação feita por Pedro. Acrescenta à sua fala, um anúncio da sua Paixão, Morte e Ressurreição e lhes indica o futuro que terão aqueles que o seguirem: “Quem quiser me seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz cada dia e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida vai perdê-la; e quem perder a sua vida por causa de mim, esse a salvará” (Lc 9,23-24).

Este episódio poderá nos fazer refletir sobre quem é Jesus para cada um de nós.  Quem eu digo que Ele é?  Quem Jesus Cristo é para mim?  Que papel tem na minha vida?  O que dedico a Ele?  O que espero Dele? Sou capaz de dar a minha vida por Ele? Renuncio a mim mesmo por Ele? São questões que ecoam até hoje daquele episódio... Encontrar Jesus no meio da vida, reconhecê-lo como o Cristo, como o Deus vivo entre nós, é uma graça que devemos sempre pedir a Deus para que possamos viver em plenitude nossa fé. 

Texto para sua reflexão: Lc 9, 18-24


Compartilhe
Envie por email
Imprimir
voltar topo da pagina

Contém Amor

Contém Amor

Agenda

Guia do Empreendedor...

Audioteca Sal e Luz...

Enquetes

O que você pretende mudar na sua vida em 2015?

 ter mais tempo pra minha família

 mudar de emprego

 viajar mais

 ajudar em um projeto social

 cuidar mais do meio ambiente

Ver resultado

Outras enquetes

Amaivos 2012 - Todos os direitos reservados.