Diversidade Sexual on-line

Pergunta:
Moro longe da igreja 85km, assisto a Santa Missa todo domingo pela TV Aparecida,gostaria de participar da santa Missa todo dia mas é impossivel então comprei um pacote de hostias e um litro de vinho, então coloco 5 hostias para mim, meus pais e avós e uma taçinha com um pouquinho de vinho e uma gota de agua,oferecendo este sacrificio junto com o celebrante da TV. Gostaria de saber se o meu sacrificio é valido e se pela fé a nossa hostia tambem se tranforma no Santissimo Sacramento como a da TV. Nós nos confessamos e temos o maior respeito e carinho com a nossa celebração em casa, com sanguineo, corporal e muito respeito e fé. Muito Obrigado Fabio Santana.



Resposta:
Caro amigo, comoveu-me seu depoimento. Voce simplesmente está experimentando o que os primeiros cristãos faziam. A Eucaristia, nos primeiros séculos era mais ou menos como voces estão fazendo. "Fazei isto em memória de mim, ou seja, para celebrar minha memória", é a memória da Santa Ceia, quando Jesus pegou o pão... depois pegou o vinho... Só tem uma coisa, é que o gesto de voces é realmente apenas uma memória, e a eucaristia celebrada na comunidade, com o ministro consagrado (sacerdote) é memória e é presença. Ou seja, falando claro, voces vivem uma representação, na fé, muito bonita e louvável, mas não comungam sacramentalmente. Comungam sim, espiritualmente, com toda a comunidade dos cristãos que celebram a eucaristia da tradição apostólica, de Pedro, dos doze, e dos bispos e sacerdotes consagrados. Mas, estou certo, voces estão antecipando a Igreja do futuro. Só Deus sabe... só quem viver vai ver. Misteriosamente a nossa Igreja dá passos seguros e lentos para estas coisas. Felizmente por um lado, mas poderia acompanhar melhor o "sinal dos tempos". Hoje em dia até operações delicadas são feitas através da TV... da Internet... Enquanto não tivermos a humildade de aceitar as mediações da técnica, estaremos empre a reboque da história. E a história hoje progride cinquenta anos em um ano. Gostaria de continuar este papo, pois acho que voces realmente estão abrindo uma esperança de sacramentalidade diferente nos estilos mas igualzinho na essência.