São Fábio (séc. IV)

O romano Fábio era soldado da guarnição da região de Cesaréia. Competente, era reconhecido como um profissional promissor por seus superiores. Por seus méritos, foi escolhido para uma missão de honra: carregar as insígnias, que, em sua época, tinham um caráter sagrado.

Fábio, porém, era cristão, e para um cristão, realizar tal missão era considerado um ato de idolatria. Sabedor das conseqüências que uma negativa sua poderia trazer, Fábio recusou o trabalho. Diante do juiz, além de recusar-se a cumprir a missão, Fábio também se mantinha fiel aos seus princípios cristãos. Por ser um soldado querido, foi-lhe dada uma segunda chance, mas esta também foi recusada por ele, que sabia que sua pena seria a morte. E assim aconteceu: Fábio foi decapitado por não ter negado a sua fé.

Santificando minha vida:

A lealdade de Fábio aos seus princípios, nos faz lembrar desse valor tão esquecido em nossos dias. Sou leal aos meus companheiros e parentes? Sou leal à minha fé?

MATÉRIAS RELACIONADAS