Santo do Dia

São João Berchmans (1599-1621)

João Berchmans teve uma vida muito breve, tendo morrido com apenas 22 anos de idade. Em sua infância já dava demonstrações de sua santidade, vivendo piedosamente e apoiando aqueles que precisavam. Acompanhou a mãe quando um terrível doença a acometeu e a levou à morte. Cuidava dela e a confortava espiritualmente. Também foi um ponto de apoio precioso para o pai que, com a morte da esposa, decidiu abraçar a vida religiosa.

Assim, aos 14 anos João ingressou no Colégio dos Jesuítas de Malines e, após três anos de estudos e longos momentos de oração, entrou para a Companhia de Jesus, onde ordenou-se sacerdote. A doença, porém, lhe acometeria logo. No fim de seus dias, pedia apenas que lhe dessem um crucifixo, o livro da Regra da Ordem que aprendera a amar e o terço. Para João, esses eram seus únicos tesouros.

Santificando minha vida:

João Berchmans tornou-se um exemplo para a juventude, uma vez que pode viver sua vida sem se deixar levar pelos valores fúteis que a assediam. Sou também um bom exemplo de vida?