Santo do Dia

Santo Hipólito (? - 235)

Hipólito era um presbítero e teólogo importante no início do século III. Era, também, um homem austero e sem piedade. Por causa desse seu comportamento radical, tornou-se um duro crítico à Igreja e às heresias.

Porém, seu coração endurecido pela falta de piedade, o conduziu a um radicalismo tão forte que chegou a acusar o Papa Zeferino e o Diácono Calisto de hereges. Pouco tempo depois, o próprio Calisto viria a assumir o pontificado e, Hipólito, enfurecido, se rebelou e se auto-proclamou anti-papa. Em suas inflamadas pregações, conseguiu um pequeno grupo de seguidores, que com ele fizeram oposição não somente a Calisto, mas também a Urbano II e Ponciano, papas que o sucederam.

Hipólito foi, porém, conduzido a um exílio na região da Sardenha. E, algum tempo depois, o próprio papa Ponciano também foi deportado para o mesmo local, porque havia abdicado do pontificado em favor dos cristãos. A atitude de Ponciano tocou o coração de Hipólito que pediu perdão por tudo o que havia feito e voltou a aceitar a figura do papa como o verdadeiro chefe da Igreja.

Pouco tempo depois, em vista das difíceis condições de vida no local onde se encontrava, Hipólito veio a falecer. A Igreja proclamou-o mártir, por ter morrido no exílio e por considerar sincera a sua transformação.

Santificando minha vida:

Como Hipólito, muitas vezes cometemos julgamentos injustos. Procuro olhar o outro com compaixão ou me deixo levar por meu espírito crítico?