Santo do Dia

Santa Noteburga (1265-1313)

No século XIII, Noteburga, alemã de nascimento, era cozinheira na casa do Conde Henrique de Rotemburgo. Compadecida da situação dos pobres da região e indignada com o desperdício de comida na casa do Conde, em vez de jogar fora o que sobrava, juntava para dar aos pobres depois do trabalho, juntamente com parte da comida que lhe cabia.
Um dia, a Condessa descobriu a atividade de Noteburga e proibiu-lhe de continuar a fazê-la, ordenando que desse as sobras de comida aos porcos. Durante um período, Noteburga seguiu a ordem da patroa, sem, porém, deixar de dar assistência aos pobres, aos quais destinava parte de sua própria comida. Porém, logo retomou seu antigo hábito, o qual foi novamente descoberto pela patroa, que desta vez a demitiu.
Noteburga foi trabalhar em uma fazenda e logo depois a antiga patroa morreu. Nessa ocasião, o Conde descobriu o motivo de sua demissão e a trouxe de volta, no cargo de governanta de sua casa, onde permaneceu até a sua morte.
Santificando a vida: O que me sobra é o que falta no prato dos outros. Exercite a divisão, a partilha não só das sobras, mas daquilo que também nos faz falta.