Santo do Dia

São Deodato (?-618)

Deodato foi padre em Roma durante quarenta anos e, tendo morrido o Papa Bonifácio IV, ocupou o seu lugar, ficando à frente da Igreja apenas por três anos. Apesar do curto período, Deodato prestou inúmeros serviços aos mais sofridos da sociedade. Visitava doentes, sobretudo os leprosos aos quais beijava e abraçava. Em uma ocasião, Roma foi sacudida por um violento terremoto ao qual se seguiu uma peste. À frente da Igreja, Deodato conduziu com mãos firmes a reconstrução da cidade e o tratamento dos doentes. Fazia isto com a intenção de que o clero passasse a dedicar mais tempo à ajuda aos necessitados. Depois de sua morte, descobriu-se um testamento no qual fazia inúmeras doações de sua fortuna para atender projetos do povo.

  1. Santificando minha vida: Consigo colocar à disposição dos que mais precisam o que sou e o que tenho?