Santo do Dia

Santo André Avelino (data desconhecida)

A tradição que conta a história da conversão de Santo André Avelino é bastante curiosa. Conta-se que ele era advogado e, um dia, tendo mentido durante a defesa de uma causa no tribunal, chegou em casa e encontrou a frase "A boca mentirosa mata a alma." O arrependimento que sentiu foi de tal forma grande que decidiu abandonar o Direito e dedicar-se à vida religiosa. Como padre, aproveitou a experiência adquirida nos tribunais para produzir obras religiosas, as quais foram reunidas em um conjunto de sete volumes, que até hoje são utilizados como fonte de reflexão e inspiração.
Seu maior feito, contudo, foi a implantação, em Nápoles, das reformas trazidas pelo Concílio de Trento. Trabalhador discreto, sabia conduzir com maestria as questões mais difíceis e, com paciência e gentileza, era capaz de conquistar os corações e obter os consensos necessários ao crescimento da Igreja na região.

  1. Santificando minha vida: Os meus talentos profissionais podem ser colocados a serviço da Igreja? Como posso fazer isso?